terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Penedo, aonde está a casa do Papai Noel



Famosa por seu clima ameno, suas pousadas tranquilas, seus chalés românticos e uma natureza exuberante, Penedo é uma colônia finlandesa no Rio de Janeiro também conhecida como a Casa de Papai Noel.

Localizada junto ao Parque Ecológico de Itatiaia, é um dos melhores locais de ecoturismo e onde está um dos pontos mais altos do Brasil, o Pico das Agulhas Negras com quase 2.800 metros de altitude. 


 
 

Casa do Papai Noel: O movimento maior de Penedo está no entorno da Pequena Finlândia, um shopping temático onde está a Casa de Papai Noel. Na época do natal, luzes e decorações natalinas transformam o shopping num lugar de pura magia. Com charmosas lojas e diversas opções de compras, a Casa de Papai Noel fica lotada de crianças que querem tirar fotos e entregar suas cartinhas com os pedidos de brinquedos. 

Dizem que a verdadeira Casa do Papai Noel existe de longa data na Finlândia e por anos a figura de Papai Noel ficou associada às regiões frias do Ártico. É daí que surgiu a idéia de se construir uma casa de verão para o Papai Noel em Penedo, que contém todas as características do país nórdico lembrando as graciosas cidades do interior. O local é rodeado de sobrados típicos, pintados em cores variadas da tradição finlandesa.
 


 
 

Um pequeno lago separa a cidade da floresta. Ao cruzar uma pequena ponte de madeira se vislumbra a Casa de Papai Noel. Diante da casa existe um anfiteatro onde são realizadas apresentações de danças folclóricas, corais, bandas, grupos de teatro de rua e outros eventos artísticos.

Há também o Shopping dos Duendes, o Shopping Azul e o Shopping Rio das Pedras. E como onde tem criança tem guloseima, em Penedo tem deliciosos bombons, barras e trufas de chocolate fabricado 100% com chocolate belga.

Para os dias frios, a boa pedida é o famoso chocolate quente com peixinho. Para os dias quentes, nada melhor que sorvete finlandês com diversos sabores e interessantes combinações. Muito agradável é o passeio pela cidade, a pé ou de charrete.

 
 
 
  

História da cidade: Penedo teve início quando um grupo de quase 100 pessoas provenientes da Finlândia chegaram no Brasil com seus ideais naturalistas. O idealizador e fundador da colônia finlandesa foi Toivo Uuskallio, que teve uma visão recomendando-o deixar sua terra natal e emigrar terras longinquas no sul onde poderia viver de forma natural, com os benefícios dos raios solares e alimentação vegetariana.

E foi assim que comprou a Fazenda Penedo em 1929 dando início à colônia. Mas como as terras não eram muito boas, durante muitos anos eles enfrentaram inúmeras dificuldades até que resolveram transformar o casarão em pousada.  Com seus cabelos louros, costumes diferentes, bailes com polkas e mazurcas, os finlandeses atrairam muitos turistas para a cidade.
 
Naquela época muitos turistas viajavam de trem e só chegavam na fazenda vindo em carro de boi. Com seu jeito agradável e simples de ser, os finlandeses despertaram o potencial turístico da região. Aumentando o movimento, alguns finlandeses recebiam hóspedes também em suas casas.
 
Hoje Penedo tem dezenas de pousadas charmosas e aconchegantes, além de grande variedade de restaurantes, bares e lanchonetes. A pescaria da truta é uma atração da cidade e alguns restaurantes oferecem a opção de pescar a truta na hora da refeição. Além da comida típica finlandesa, existem também restaurantes típicos alemães, italianos e japoneses. 
 



 
 
 
 


 
Museu: No Museu Finlandês da Dona Eva são preservadas peças antigas e modernas da arte e da cultura da Finlândia. Nesse museu pode-se conhecer um pouco da história da imigração finlandesa em Penedo por meio de fotos, livros, utensílios domésticos, tapeçarias, bordados e peças de vestuário da época da colonização. Lindas são a coleção de bonecas finlandesas.

Aos sábados o Clube Finlandês organiza bailes, quando se apresenta o Grupo de Danças Folclóricas Filandesas que envolve o público criando um clima muito divertido. O Marco do Cinquentenário no Largo Finlândia é uma homenagem feita pelo artista finlandês Ville Virkkilã, em homenagem aos 50 anos de imigração finlandesa. Esculpido em aço inox, o monumento tem seis pássaros migratórios típicos do norte da Europa. 

 
 

Ecoturismo: Perto da cidade há algumas cachoeiras interessantes que formam belas piscinas naturais. Entre Penedo e Visconde de Mauá, a Serrinha do Alambari é local de muita tranquilidade para caminhadas, banhos nas cachoeiras e nas piscinas naturais, além da contemplação de belos recantos. Com diversas trilhas de vários níveis de dificuldade, a região é cortada por alguns rios. 

Uma atração do parque é a Pedra Sonora que produz um som muito peculiar. Conta uma lenda que um índio foi ferido e impossibilitado de gritar por socorro chegou até perto da pedra. Quando seu machado caiu, a pancada emitiu um som que ecoou pela encosta. E assim o bateu outras vezes com o machado e seu companheiros vieram salvá-lo.

Há passeios de cavalgada para conhecer as paisagens e passeios de quadriciclo pelas trilhas. Uma trilha de cerca de 600 metros de extensão leva ao topo do Pico do Penedo, nome dado à fazenda que abrigou os primeiros imigrantes. De lá se pode avistar toda a cidade além do centro de Itatiaia e Resende.

 

 
 


Parque Itatiaia: Mas quem quiser desfrutar o melhor da natureza não pode perder a visita ao Parque de Itatiaia que é dividido em duas partes. Na Parte Baixa há inúmeras cachoeiras, lagos e trilhas, além do Museu da Fauna e da Flora e o Mirante do Último Adeus de onde se avista o Rio Campo Belo entre a abundante Mata Atlântica, a Represa do Funil e a Serra do Mar. 

Um passeio mais longo por entre a Mata Atlântica até os Três Picos permite uma visão panorâmica de todo o vale do Itatiaia. O Parque Nacional é considerado entre os cinco melhores lugares do Brasil para observação de pássaros. Possuindo diversas espécies que não existem em outros lugares, atrai ornitólogos de todo o mundo. Dentro do Parque há cinco hotéis além de vários outros na estrada de acesso à reserva. 

Nos Campos de Altitude que é a Parte Alta do Parque, está o ponto mais alto, o  Pico das Agulhas Negras com quase 2.800 metros de altitude sendo um desafio somente para montanhistas experientes. Outras atrações de raríssima beleza são as formações rochosas do Maciço do Itatiaia, como as Prateleiras e as pedras da Tartaruga e da Maçã que atraem alpinistas e amantes da natureza. 

O Parque Nacional do Itatiaia está na divisa do Sul de Minas Gerais e Estado do Rio onde o relevo montanhoso dá origem a notáveis penhascos na Serra da Mantiqueira. Devido ao desnível do terreno, há belíssimas cachoeiras. Com suas formações rochosas de estranhos formatos e tamanhos, as rochas magmáticas não têm sílica. Estudiosos garantem que só existem 4 montanhas do mundo com essas características, como a de Itatiaia. Há muitas lendas que atribuem ao local uma energia positiva e alto astral.


 

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores