sábado, 12 de junho de 2010

* GRÉCIA ATUAL






A Grécia é feita de muitas camadas de história e beleza: templos dóricos, torres vênetas, igrejas bizantinas, mercados helenisticos e cidades medievais. Sua luz e seu mar explicam porque foi escolhido pelos deuses e habitado por grandes homens da arte e do espírito.

Atenas é a sua principal cidade, berço da democracia, do teatro, da prosa, das artes plásticas e da filosofia. O Partenon - Casa da deusa virgem - erguido em homenagem à deusa Atena; seus monumentos simbolo de valores espirituais, retém a ligação com seu passado glorioso. Plaka é um antigo bairro de Atenas conhecido como "a vizinhança dos deuses", com suas antigas casas de varandas coloridas pelos jasmins e madressilva.

Os primeiros gregos chegaram na Europa pouco antes de 1.500 a.C. Durante seu apogeu, a civilização grega governou toda a região entre a Grécia, o Egito e o Hindu Kush. Os gregos estabeleceram tradições de justiça e liberdade individual, que viriam a se estabelecer como as bases da democracia contemporânea.

A sua arte, filosofia e ciência tornaram-se fundamentos do pensamento e da cultura ocidentais. Os gregos da antiguidade chamavam a si próprios de helenos, que eram todos que falavam grego, mesmo que não vivessem na Grécia, e davam o nome de Hélade a sua terra. Os que não falavam grego eram chamados de bárbaros. Durante a antiguidade, nunca chegaram a formar um governo nacional, ainda que estivessem unidos pela mesma cultura, religião e língua.

A primeira civilização a aparecer na Grécia foi a civilização minóica, 2600 a.C. e 1450 a.C. Pouco se sabe a respeito dos minoanos, têrmo criado a partir de Minos, lendário rei de Creta. Os minóicos eram um povo mercante, engajados no comércio marítimo, e sua cultura religiosa incluem o simbolismo, a ausência de templos e a proeminência de divindades femininas.

Apesar de serem incertas as causas da queda desse povo, sabe-se que extinguiram-se durante as invasões pelos micênicos, um povo da Grécia continental, por volta de 1500 a.C. Do passado remoto grego até o mundo atual, grande parte dos gregos permaneceram em seus territórios gregos anteriores - Turquia, Itália, Líbia, Levante, etc. Atualmente, a maioria dos gregos vive nos estados da Grécia contemporânea - independente desde 1821 - e no Chipre - independente desde 1960.



sábado, 5 de junho de 2010

Campos do Jordão, a suiça brasileira Vídeo


Campos do Jordão é uma aconchegante cidade com a maior altitude do Brasil, 1630 metros. Distante a 170 km de São Paulo, é a estância climática chamada de Suíça Brasileira. Sua arquitetura de influência européia e seu clima frio atrai turistas durante todo ano, principalmente durante o inverno no mês de julho, quando acontece o Festival de Inverno, um importante festival internacional de música erudita.

O pinheiro é a árvore-símbolo de Campos do Jordão. Repleta de Araucárias, Campos do Jordão tem parques e jardins por toda cidade. No Palácio Boa Vista está um amplo acervo de arte nacional do período colonial e do modernismo. Tem ainda o Museu Casa da Xilogravura - o maior no Brasil e o Museu Felícia Leirner que expõe esculturas a céu aberto.

Uma das delícias de Campos do Jordão é o chocolate. O Museu do Chocolate e a Fábrica do Chocolate Araucária, é uma atração a parte. Outras opções são os passeios de charretes, trenzinho, no teleférico, arvorismo, passeio no Jardim Botânio e degustar chocolate quente nas cafeterias.

Campos do Jordão surgiu em 1771 quando Inácio Caetano fundou a Fazenda Bom Sucesso ao receber uma carta de sesmaria do Governador da capitania de São Paulo. Narra a lenda de que era muito sovina e teria enterrado três barricas de ouro perto dos pinheiros. Até hoje ainda procuram pelas barricas.

Inacio Caetano morreu em 1823 sem revelar o local e seus herdeiros venderam as terras para o Brigadeiro Manoel Jordão. Daí vem o nome de Campos do Jordão. Depois de sua morte os herdeiros venderam porções da terra e um dos proprietários instalou uma vendinha e montou uma pensão para forasteiros, levantou uma igreja e uma escola, e Campos do Jordão passou a crescer.

Em 1911 os médicos Emilio Ribas e Victor Godinho instalaram a Vila Sanitária e muitas pessoas foram curadas de problemas pulmonares, graças ao clima da região. Além de sua famosa malharia, conhecida no mundo todo, o seu chocolate caseiro, seus doces e compotas, as peças de madeira dos seus majestosos pinheirais, suas águas minerais correm das fontes mais puras do planeta. Mas a sua maior matéria-prima, porém, é aquela que exporta, generosamente, sem retorno de divisas: o ar puro que cura e dá a saúde.



Vídeo Campos do Jordão


quinta-feira, 3 de junho de 2010

Brasil de Norte a Sul - Vídeo



Vídeo Brasil de Norte a Sul


Muitos historiadores definem o nome Brasil devido a existência do pau brasil, espécie de madeira que dava tintura aos tecidos. Porém o filólogo Adelino José da Silva Azevedo postulou que se trata de uma palavra de procedência celta. Uma lenda fala de uma "terra de delícias vista entre nuvens".

Banhado pelo oceano Atlântico ao longo de toda sua costa norte, nordeste, sul e sudeste, o Brasil tem lindas praias e grandes grupos de ilhas como os Penedos de São Pedro e São Paulo, Fernando de Noronha, Trindade, Martim Vaz e um complexo de pequenas ilhas e corais chamado Atol das Rocas no Rio Grande do Norte.



Descoberto pelo navegador Pedro Álvares Cabral em 1500 que lhe deu o nome de Brasil, o país foi uma colônia do Império Português que se tornou um país independente em 07 de setembro de 1822. Atualmente o Brasil é considerado a 5ª maior área territorial do planeta Terra e o 5° maior contingente populacional do nosso mundo.

No Brasil está 20% de toda biodiversidade mundial: a riqueza da Floresta Amazônica com 3,6 milhões de km², a Mata Atlântica, Pantanal e o Cerrado. Com um pouco mais de 8 milhões de quilômetros quadrados de área, o país está dividido em 5.570 cidades em 26 estados federativos com aproximadamente 200 milhões de habitantes.




Video Hino Nacional do Brasil


A área territorial do país tem exatos 12.712 milhões de Km2 e não apenas os 8,5 milhões de Km2 como tem sido informado a todas as gerações. A Organização das Nações Unidas (ONU) autorizou incorporar, para além das 200 milhas náuticas mais 712 mil km2 de extensão da chamada plataforma continental. Nessa área, o Brasil também já tem assegurada a soberania de exploração e aproveitamento de todos os recursos naturais do solo e do subsolo marinhos.
 
Apesar de sua riqueza o Brasil lida com a pobreza, que está presente principalmente no nordeste. Muitos nordestinos afugentados pela fome e pela seca buscam emprego e melhores condições de vida no sudeste. A maior concentração de nordestinos está em São Paulo, muitas vezes iludidos pela riqueza e acabam morando nas grandes favelas do Rio de Janeiro, São Paulo e outras capitais.  
 
 

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores