terça-feira, 6 de setembro de 2011

Treze Tilias, o pedacinho da Aústria no Brasil



Treze Tílias é um pedacinho da Áustria em Santa Catarina onde mais da metade dos residentes na cidade são descendentes de imigrantes austríacos. A cidade é conhecida como o Tirol brasileiro, onde os costumes e tradições austriacas são mantidas nos grupos folclóricos, nas músicas e danças, na preservação do idioma e dos trajes típicos.









É famoso o Portal de entrada da cidade em arquitetura austríaca como também os fascinantes trabalhos em madeira produzidos pelos artistas da cidade que são conhecidos em todo mundo e espalham-se nos umbrais de portas, nas varandas e nos detalhes de decoração das casas.

O estilo arquitetônico alpino tirolês predomina na maioria das edificações da cidade e a legislação municipal proíbe construções fora do padrão na área central. No telhado das casas típicas está o galo, símbolo da disposição dos tiroleses para o trabalho e o sino que antigamente era um meio de comunicação na colônia.





O Tirol brasileiro tem lindas paisagens verdes e faz parte de um roteiro turístico numa região de geografia acidentada que permite uma vista panorâmica de toda região e também é uma boa opção para os adeptos de ultraleve. Da Igreja Matriz, localizada no alto de uma colina, se tem uma visão panorâmica de parte da cidade e é um ponto de convergência religiosa da população. As trilhas levam até a Capela Maria Dreizehnlinden e a Gruta de Nossa Senhora Aparecida que fica em meio a um belíssimo bosque com lagos. As cascatas Rohrer e Frozza fazem parte da beleza natural da cidade.







Uma atração da cidade é o Castelinho, nome dado à uma casa construída em 1936 e que já serviu como centro administrativo da colônia. Desde as construções, danças, músicas e o coral tiroleses até às esculturas, artesanato e festas típicas tradicionais, tudo em Treze Tílias remete aos Alpes. A Banda dos Tiroleses teve início quando um navio trouxe os primeiros imigrantes para o Brasil. Com repertório exclusivo de músicas austríacas e trajes originais, a banda se apresenta nos principais eventos do município.

São vários os grupos de música e canto, com instrumentos típicos, como a cítara. Enquanto o Grupo de dança folclórica tirolesa Schuhplattler se caracteriza pelo sapateado, levando a cultura dos seus antepassados a diversas cidades do Brasil e exterior, o Grupo de danças gauchescas e o Centro de Tradições Gaúchas mantém vivas as tradições do sul. São inúmeras festas durante o ano e em outubro a cidade se movimenta na Tirolerfest que é o evento comemorativo ao aniversário da cidade.







O Parque Lindendorf é um dos preferidos dos moradores e turistas. Além das trilhas, lagos, restaurante e palcos para apresentações de dança tirolesa, existe uma imensa maquete da cidade, rica em cores e detalhes bem trabalhados. No verão, o Termas Vale das Tílias, com piscinas, corredeiras e toboáguas se torna o point da cidade.



Nenhum comentário:

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores