quinta-feira, 3 de novembro de 2011

São Thomé das Letras, a cidade mística



São Thomé das Letras, em Minas Gerais, é uma região serrana edificada sobre um grande depósito de quartzito, conhecida como pedras São Thomé que além de serem usadas na construção das casas também aparecem no calçamento das ruas e usadas na fabricação de artesanato local. Dizem que São Thomé é um dos sete pontos energéticos da Terra o que atrai místicos, espiritualistas, sociedades científicas e alternativas, dando-lhe o nome de Cidade Mística.







Com muitas pedras por todos os lados, seu ar rústico e tipicamente mineiro do interior, numa elevação de 1440 metros é um destino turístico para quem aprecia a natureza. Existem muitas grutas, cachoeiras, formações rochosas e construções em pedra, como a Gruta São Tomé, Gruta do Carimbado, Casa-da-Pirâmide, Pedra da Bruxa, que é a mais famosa e as cachoeiras Shangri-lá, Eubiose, Véu de Noiva, Paraíso e da Lua, Floresta dos Duendes entre outras. Tudo é muito tranquilo e as lojinhas de artesanato tem muitos artigos esotéricos.

O Centro Histórico sofreu muitas alterações, embora seja tombado pelo IEPHA e ainda possui grande significado cultural e ecológico. A Igreja Matriz construída em 1785 possui um forro com uma linda pintura do artista colonial Joaquim Natividade. As pessoas andam nas ruas com tranquilidade e há boa receptividade com os turistas que, para puxar conversa, basta pedir uma informação e contar de onde veio. E se tocar violão, logo aparece um cara tocando flauta doce tirando musica na hora que aprendeu "de ouvido".







Na gruta do centro tem umas inscrições que dizem ser de um tal de Zumé, um personagem que teria vindo das estrelas e passou pelos quatro cantos do mundo. Na Pedra da Bruxa, é natureza e misticismo. Muitas pedras, pentagramas, flores e mais pedras. O cruzeiro e a pirâmide tem uma visão maravilhosa. Do penhasco dá para ver somente o céu e montanhas. No meio da paragem tem destaque uma comunidade próxima onde o pessoal curte musica e violão.

Nos terrenos de pedra, como a Pedra furada que é esculpida pela natureza, uma das lendas diz que por ali viveu o curandeiro Chico Taquara numa época em que era difícil médico e remédios. Ele curava as pessoas com ervas e de repente sumiu. Mas dizem que ele atende os pedidos feito encima da pedra. Além dessa, tem outra curiosidade, a Ladeira do amendoim onde o carro volta de ré numa pequena descida. Com o carro parado e freio solto, o carro literalmente volta pra trás.







Mas também tem outra brincadeira de efeito magnético: correndo de costas, ao subir tem-se a sensação de que se está descendo e descendo é como se estivesse subindo. A estranha sensação provocada pelos mistérios da física é de efeito real e muito legal. E dali se chega à Gruta do Carimbado. Dizem que é o portal que liga São Thomé a Machu Picchu. Logo adiante está o Vale das Borboletas, com uma bela cachoeira e uma trilha no meio da mata. E para quem não acha nada esquisito, tem umas pingas misturadas com aranha e cobras só prá provar.

A paisagem tem uma magia que traz muita paz de espírito, propiciando momentos de reflexão principalmente quando acontece o ritual sagrado do lugar: contemplar o por do sol. É um espetáculo de muitas cores quando o sol irradia seus últimos raios sobre os casebres e sobre a mata. E quando chega a noite, um vinho à luz de velas marca presença na pousada, com incensos e muito sereno de um frio cortante que pede uma lareira crepitante...






2 comentários:

DEPARTAMENTO DE TURISMO disse...

Lindo adorei, muito bem montado.

jackson inacio de oliveira
chefe de setor de turismo
sao thome das letras

Lucia de Belo Horizonte / MG disse...

Obrigado por sua visita ao blog e seu comentário. Abraço Lucia

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.

Seguidores